Show simple item record

dc.contributor.authorSantos Pereira, Luís
dc.date.accessioned2007-04-25T16:16:42Z
dc.date.available2007-04-25T16:16:42Z
dc.date.issued2001-09
dc.identifier.issn1134-2196
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/2099/2794
dc.description.abstractA análise do desempenho dos sistemas de rega tem vindo a assumir interesse crescente devido às implicações económicas e ambientais que lhe estão associadas. Assim, discutem-se alguns indicadores e o seu significado. Para a rega de gravidade, a rega por aspersão e a microrrega, a escolha incidiu sobre a uniformidade de distribuição e o coeficiente de uniformidade para caracterizar os sistemas, e a eficiencia da aplicação para caracterizar conjuntamente os sistemas e a sua gestão. Analisam-se para os três métodos de rega os factores de que dependem tais indicadores e, consequentemente, algumas opções para melhorar os desempenhos de tais sistemas. Para os sistemas de distribuição em baixa pressão, analisam-se indicadores de fiabilidade, equidade e regularidade, os quais traduzem a qualidade do serviço e, consequentemente, têm implicações sobre o uso da água na exploração agrícola. Para os sistemas de transporte e distribuição em pressão optou-se pelos indicadores de fiabiliadde e de variação da pressão, igualmente com implicações nos desempenhos dos sistemas de rega na parcela. A análise acima descrita é completada com sugestões para a utilização dos indicadores de desempenho em projecto quando seja possível estabelecer níveis mínimos que tais indicadores devem assumir para que o projecto se considere satisfatório. Igualmente, chama-se à atenção para a necessidade de se estimular a avaliação de campo de sistemas em funcionamento para que os resultados sejam usados directamente no conselho aos regantes e gestores de rega, sirvam ao controlo de qualidade dos serviços das empresas de rega e, além disso, possam ser utilizados para melhorar progressivamente os projectos de rega.
dc.format.extentp. 10
dc.language.isopor
dc.publisherFundación para el Fomento de la Ingeniería del Agua
dc.relation.ispartofIngeniería del agua, 2001, vol. 8, núm. 3
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Spain
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/es/
dc.subjectÀrees temàtiques de la UPC::Enginyeria civil::Enginyeria hidràulica, marítima i sanitària::Canals i regadius
dc.subjectÀrees temàtiques de la UPC::Enginyeria agroalimentària::Enginyeria del medi rural::Instal·lacions de regadiu
dc.subject.otherEficiência de aplicação
dc.subject.otherUniformidade de distribuição
dc.subject.otherDesempenhos no uso da água
dc.subject.otherDesempenhos no serviço de distribuição
dc.subject.otherFiabilidade
dc.titleDesempenho de sistemas de rega
dc.typeArticle
dc.subject.lemacCanals
dc.subject.lemacRegadiu
dc.rights.accessOpen Access


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record